• Oeiras - Portugal

  • 937 271 910 

    info@carlosbaltazar-pnl.pt 

  • 10.00 - 19.00

    Segunda a Sábado

Duração. Acredito que haja excelentes cursos de pequena duração. Todavia, a extensão de temas que devem ser abordados tanto na exposição e compreensão dos modelos como na sua prática sustenta a norma que eu sigo: o meu curso de Practitioner é feito em 16 dias, com um mínimo de 130 horas.  Esta é a prática usual nas associações de PNL europeias. Um curso mais curto pode ter bons conteúdos teóricos e algumas demonstrações de qualidade mas não assegura que todos os participantes experimentem profundamente os processos de comunicação e transformação que estão no cerne da Programação Neuro Linguística.

 

Não se trata somente de conhecimentos. Pode ler livros, assistir a vídeos e obter uma ideia geral sobre a PNL ou até dominar alguns conceitos interessantes. Passar para um nível de entendimento profundo, em que os modelos e práticas se sustentam mutuamente e podem ser utilizados com eficácia consigo e com outros requer treino presencial de qualidade.

 

Experiência. Vai querer que o seu formador (Trainer, na gíria que usamos na PNL) tenha uma experiência de vida e currículo que assegure não só a correcção das matérias expostas e treinadas como a capacidade de reagir a qualquer imprevisto. Vai querer certamente que a PNL lhe seja apresentada não só como uma colecção de práticas e modelos avulsos mas como um edifício com uma arquitectura sólida onde tudo faz sentido e tem um propósito.

 

Congruência. Imagine que tem um professor que não pratica nem é exemplo daquilo que ensina. Contraste esta ideia com um formador que é congruente nas suas atitudes e valores com os princípios e práticas inerentes aos conteúdos que apresenta e treina com os seus formandos.

 

Evidência. O investimento num curso de PNL é considerável em termos financeiros e tempo de dedicado. Como poderá obter a evidência que um dado curso (por exemplo aqueles que eu oriento) está de acordo com estes critérios? Há sempre a intervenção da sua intuição e inclinação pessoal. Pode investigar o site, o perfil no facebook, os artigos que tem escrito, as opiniões de ex-formandos, o seu currículo e biografia, outras formações que oriente, interesses e actividades para além do campo da PNL, etc. Porque não ter uma conversa pessoal, por telefone ou Skype?

 

 

Nota: Os seus dados não serão partilhados com outras entidades.

Formulário para contacto Carlos Baltazar